Stephen Hawking morre, aos 76 anos

O físico de origem inglesa, Stephen W. Hawking faleceu em sua casa, em Cambridge, na Inglaterra, no começo desta madrugada de quarta-feira, dia 14 de março de 2018. Ele contava 76 anos. 
Stephen Hawking foi um dos físicos mais conhecidos do mundo, perdendo em fama, talvez, apenas para Albert Einstein. Boa parte de seu reconhecimento mundial se deve ao best seller “Uma breve história do tempo”, publicado em 1988. O livro vendeu mais de 10 milhões de exemplares e lhe rendeu popularidade, bem como trouxe sua busca por entendimento das leis do universo, a partir de estudos como os que envolvem os buracos negros, aos holofotes da cena mundial.
Stephen Hawking também entrou para o imaginário popular por suas décadas de luta contra a esclerose lateral amiotrófica (ELA). A doença, que não tem cura, degenera o sistema nervoso central e desabilita movimentos musculares. Durante anos, Stephen Hawking contou com a ajuda da tecnologia para se comunicar, usando computadores que reconheciam expressões faciais e até movimentos oculares para conseguir transmitir seus pensamentos em forma de voz robótica. Quando foi diagnosticado com a doença, ainda em 1963, vários médicos deram pouco tempo de vida ao então jovem de apenas 21 anos.

Canal theevolutiontech

Apenas mais um fã da grande rede , um maluco pela internet que passa grande parte do tempo conectado sempre a procura de novidades online , e sempre achando já que a rede é movida por novidades ...

Deixe uma resposta