Chiquinho Scarpa não implantou chip com GPS na namorada

 

Conde’ paulistano fez uma piada durante uma entrevista gravada no ano passado – que foi levada a sério quando publicada – de que teria implantado um chip com GPS para não perder a ex-namorada

Boa parte da imprensa brasileira caiu em mais uma fanfic do socialite paulistano Chiquinho Scarpa. A “trollagem” da vez foi que ele teria implantado um microchip com GPS em sua ex-namorada, a corretora de imóveis Luana Risério, para monitorar a localização da sua amada dentro do palacete em que mora, avaliado em R$ 63 milhões.

A declaração foi feita em uma entrevista para a Rede TV em agosto passado, mas só foi ao ar agora no início de 2020. Porém, duas coisas não são verdade: o “conde” não implantou chip de GPS em ninguém, e ele e Luana Risério não estão mais num relacionamento.

Consultado pelo site Buzzfeed, Scarpa esclareceu que tudo não passou de uma piada no momento da entrevista, e que ele e a corretora de imóveis se separaram em outubro. Esse caso é só mais um na lista do folclórico “conde”, que também já anunciou que – tal qual um faraó – enterraria seu Bentley Continental Flying Spur no jardim de casa (que depois revelou-se como parte de uma campanha para doação de órgãos). Scarpa também já afirmou que teria uma coleção de anões, chegou a ser processado e pagou um acordo de US$ 50 milhões depois de insinuar ter vivido um caso com a princesa Caroline de Mônaco.

Implantar chips de localização sob a pele não é nada incomum para milionários, e pode custar até R$ 30 mil. Porém, o dispositivo visa melhorar a própria segurança do usuário – especialmente em casos de suspeita de sequestro.

Via Extra e Buzzfeed

TheEvolutionTech

Apenas mais um fã da grande rede , um maluco pela internet que passa grande parte do tempo conectado sempre a procura de novidades online , e sempre achando já que a rede é movida por novidades ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *