Sabia Que. Pode Enganar Sistemas Biométricos Com Rostos Impressos em 3D

Com algum esforço, é possível enganar os sistemas biométricos baseados em reconhecimento facial. Usando uma máscara impressa em 3D, é possível desbloquear sistemas que analisam um rosto falso.

Enganar Sistemas Biométricos com 3D

Esta ideia já foi testada na segurança dos telemóveis. Os sistemas de reconhecimento facial são poderosas ferramentas de controle de acesso. No entanto, ainda não são suficientemente avançados para travar atacantes determinados. Aqueles que estão preocupados com a sua privacidade nos espaços públicos podem usar maquilhagem ou adereços com padrões desenhados de propósito para confundir os algoritmos. Imprimir em 3D cópias de rostos é um passo lógico. O conceito já foi testado para desbloquear telemóveis que anunciam o reconhecimento facial como uma das suas medidas de segurança mais forte. Agora, chega a vez dos sistemas biométricos de aeroportos.

Investigadores ligados a uma empresa de segurança imprimiram em 3D o modelo de um rosto. Com ele, conseguiram enganar sistemas de reconhecimento facial de comércio eletrónico chineses, e até desbloquear portões do controlo de passageiros no aeroporto de Schiphol. Usando o falso rosto, os investigadores conseguiram usar estes sistemas com uma identidade que não lhes pertencia.

Este tipo de hack pode parecer complexo. No entanto, recordamos que hoje é fácil,  usando aplicações de fotogrametria disponíveis para telemóveis , captar modelos 3d do rosto das pessoas. Resta a dificuldade de imprimir a máscara em multicores, uma técnica de impressão ainda cara e não muito acessível em contextos DIY. Este exploit sublinha os riscos de confiar apenas em sistemas automatizados para controle de acessos. Se a máscara impressa em 3D engana os algoritmos, não passaria despercebido a um segurança com mínimo de treino.

TheEvolutionTech

Apenas mais um fã da grande rede , um maluco pela internet que passa grande parte do tempo conectado sempre a procura de novidades online , e sempre achando já que a rede é movida por novidades ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *